menu

Shopper Marketing: como vender mais no atacado distribuidor?

Em: Promoção de Vendas, Vendas
shopper-marketing

As lojas de hoje prepararam o cenário para uma experiência de compra cuidadosamente refinada, projetada para estimular partes do cérebro do cliente, de forma que ele compre bens ou serviços.

Sem tempo de ler agora? Experimente ouvir o artigo, é só clicar no player abaixo.

Algumas lojas usam aromas especiais para criar um ambiente tranquilo e relaxante, enquanto outros adotam trilhas sonoras para definir o clima de compras. Mesmo a iluminação do espaço pode ter um efeito poderoso sobre o quanto um cliente compra enquanto está lá dentro.

Todos esses fatores sutis se combinam para influenciar o consumidor no momento em que está mais propenso a fazer uma compra, e é a combinação deles que forma uma estratégia de Shopper Marketing.

Não sabe o que é Shopper Marketing e nem como ele pode ser usado para aumentar as vendas do atacado distribuidor? Continue lendo e descubra!

O que é e como funciona o Shopper Marketing?

O Shopper Marketing se concentra no cliente na hora em que ele está no ponto de venda. A estratégia objetiva fazer apelos de última hora aos consumidores no momento em que eles realmente estão preparados para comprar algo.

A tática faz parte de um plano maior de Trade Marketing, que busca fazer com que os produtos da indústria, que chegam ao varejo a partir das distribuidoras, tenham maior saída nos PDVs a partir de estratégias de posicionamento de gôndola, acompanhamento de promotores de venda, dentre outras.

Ao contrário dos anúncios impressos, de rádio ou TV, que podem ficar na mente dos consumidores por meses, o Shopper Marketing tenta causar um impacto imediato e influenciar diretamente o comportamento deles.

Este tipo de impacto de último minuto pode assumir diversas formas, dependendo do produto e do varejista. Por exemplo, amostras grátis de alguns produtos são oferecidas nos supermercados ao lado das gôndolas onde eles estão expostos. A ideia é aguçar o apetite do consumidor e fazê-lo comprar “pela barriga”.

Por que o Shopper Marketing é importante?

 

De acordo com um estudo da Nielsen,  até 70% das decisões de compra são feitas diretamente na loja. Essa é uma estatística poderosa quando se considera todo o dinheiro gasto em publicidade fora do varejo.

Milhões de reais são direcionados em mensagens de marketing que podem ser completamente ignoradas pelos clientes assim que eles realmente veem um produto na prateleira.

O Shopper Marketing se apoia na ideia de que as decisões de compra raramente são uma escolha puramente racional, mas se baseiam em uma série de fatores ambientais e psicológicos que transcendem declarações simples sobre qualidade ou valor.

Por isso, os distribuidores de hoje devem considerar que seus esforços de marketing precisam cobrir desde o momento em que um cliente é apresentado ao produto até a hora em que ele realmente paga por ele. É preciso entender o processo mental por trás de uma decisão de compra para se conectar aos clientes no local onde mais interessa: o varejo.

Como um plano de Shopper Marketing é desenvolvido?

 

O Shopper Marketing geralmente envolve uma série de pequenos esforços espalhados por uma variedade de locais físicos e canais de comercialização. Acompanhar todos esses esforços requer um plano cuidadoso que possa informar cada decisão de marketing.

Os profissionais de marketing devem analisar cuidadosamente os produtos e seus clientes-alvo. Alguns varejistas segmentam seus clientes em uma série de categorias com base em suas necessidades. Cada cliente visita a loja por uma razão diferente e tem uma experiência diferente na loja.

Uma vez que o plano identificou os recursos que enfatizará, a empresa projeta materiais de marketing que reflitam essa mensagem. Os profissionais de marketing examinam como um produto é embalado, a forma como ele é colocado na prateleira, os produtos em torno dele e seu lugar geral em uma loja.

A etapa final do plano será estudar e avaliar sua eficácia. À medida que ele está sendo desenvolvido, devem ser identificadas métricas que definam claramente os objetivos da campanha e as medidas de sucesso.

Isso pode significar qualquer coisa desde aumentar as vendas, ganhar vantagem sobre um concorrente ou mudar a percepção de uma marca. A campanha deve ser avaliada várias vezes ao longo de sua duração e em conjunto com as atividades de Trade Marketing para checar se as metas estão sendo atendidas.

Para isso, é importante contar com um software de gestão que ajude a acompanhar em tempo real as ações no PDV, agilizar a troca de informações e emitir relatórios que auxiliem na tomada de decisão das ações mais efetivas de Trade Marketing.

Pronto para começar sua estratégia de Shopper Markting e aumentar as vendas no atacado distribuidor? Ficou com alguma dúvida? Comente abaixo e compartilhe conosco!

Gostou do nosso artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Outras novidades

15.11.2017
Do geotargeting aos beacons, a tecnologia baseada em localização está abrindo um mundo de possibilidades para se fazer marketing.
08.11.2017
É importante que o promotor de vendas conheça o funcionamento do trade marketing e saiba quais são os valores que a marca procura transmitir a partir da sua presença no PDV, mas essa é apenas uma pequena parte do seu trabalho.
01.11.2017
Uma das tarefas que mais tomam tempo nas rotinas estratégicas do trade marketing é a auditoria de PDV. (mais&...
Todas as novidades